Diego Barcellos é eleito o melhor bartender do Brasil pelo Diageo World Class 2013

Diego Barcellos, do restaurante Mr. Lam, Rio de Janeiro, é eleito o melhor bartender do Brasil pelo Diageo World Class 2013, o maior concurso de coquetelaria do mundo. A disputa foi realizada nessa terça-feira (11/06), no bar da sede Diageo, em São Paulo. Aos 27 anos, Diego superou 28 participantes e acumulou mais pontos na disputa dos quatro desafios do concurso. Dentre os coquetéis mais comentados pelos jurados está o My Way,inspirado no música de Frank Sinatra, que leva JOHNNIE WALKER BLUE LABEL® e vinho do porto extra seco.

O vencedor conta que passou longas noites em claro se preparando para o World Class nos últimos oito meses. Chegou até a recorrer à yoga e muay thai para poder relaxar. “Desde o concurso do ano passado, eu tive a ideia fixa de que queria levar o prêmio deste ano. Tenho certeza que a minha vida vai mudar bastante. Ser o melhor do Brasil é uma responsabilidade muito grande”, revela. Para se desenvolver, ele ainda disse que aplicou ao seu dia-a-dia de trabalho diferentes técnicas descobertas em suas pesquisas, como a perfeita apresentação dos drinques, postura corporal, ingredientes, entre outras.

Diego representará o Brasil na grande final mundial, que acontecerá entre os dias 4 e 9 de julho, em um cruzeiro pelo Mar do Mediterrâneo. Ele vai competir com os 49 finalistas vindos dos quatro cantos do mundo.

O concurso ainda elegeu José Kennedy, do MyNY Bar, e Matheus Cunha, do The Sailor, em segundo e terceiro lugares, respectivamente. Ambos de São Paulo.

 

Conheça outras receitas que garantiram a vitória de Diego Barcellos:

 Desafio Retro-Chic
My Way - Diego Barcellos (6)
My Way (inspirado no música de Frank Sinatra)

50 ml de JOHNNIE WALKER BLUE LABEL®

20 ml de vinho do porto extra seco

10 ml de licor de nozes

4 dashs de homemade bitter de cravo e canela

 

 

 

 

 

 

 

 

Desafio Tropical Journey
Vulcão de Moorea - Diego Barcellos (3)
Vulcão de Moorea (inspirado na hospitalidade da ilha na Polinésia Francesa)

50 ml de DON JULIO® Blanco

50 ml de purê de pitaia vermelha com mamão papaia

30  ml de xarope de semente de coentro

20 ml de suco de limão siciliano

4 dashs de angostura bitter

 

 

 

 

Competição

O concurso reuniu 29 bartenders vindos de todo o país, de cidades como São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Rio de Janeiro, São José dos Campos e Salvador. O campeonato foi estruturado em quatro provas:

No desafio Retro Chic, os competidores trabalharam o estilo do coquetel que influenciou as décadas de 1950 e 1960, interpretando sutilmente estes clássicos com copos e taças que remetem à época. Eles foram julgados de acordo com o grau de respeito ao coquetel original e e toque criativo com a sua assinatura no drinque.

Em Tropical Journey, os bartenders demonstraram seus conhecimentos sobre a história dos drinques que vêm dos países dos trópicos e seus estilos de coquetelaria.

O Speed & Taste é o teste de velocidade. Os participantes realizaram três de seis receitas propostas previamente no tempo máximo de quatro minutos. Porém, eles apenas souberam quais os drinques que deveriam ser realizados um dia antes do concurso.

Em Nosing and Tasting, os bartenders foram avaliados pelo nível de conhecimento do destilado em questão por meio de testes cegos.

A grande final mundial acontece dos dias 04 a 09 de Julho em um cruzeiro que passará por St. Tropez, Mônaco e Madrid. Estamos torcendo por você, Diegão!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...