Aprenda a fazer uma Margarita de Morango em 1 minuto

Bem simples, muito saborosa e sem aquela cara de mix pronto de supermercado, na qual você só acrescenta tequila e bate. Aproveitei a ida ao México a convite da José Cuervo para dar um mergulho cultural e entender como a Margarita é mais do que um drink superapreciado no país: é um reflexo cultural.

Quem aprecia comida mexicana sabe que eles têm um paladar “caliente”, sempre muito intenso e carregado de sabores picantes. Em seus copos não é muito diferente: limão, sangrita (suco de tomate temperado e misturado com suco de limão), tamarindo (lembra do suco preferido do Chaves?), cerveja, sal e tequila são alguns dos ítens mais comuns no espectro da mixologia popular. Então aproveitei que tínhamos um pop up bar no nosso jantar de boas vindas e criei uma receita de Margarita com o que havia disponível na hora.

Receita Mundo Copo para uma Margarita de morango
Reconhecimento de terreno no pop up bar da Cuervo em Guadalajara

 

Martini latino
Assim como os Martinis, as Margaritas foram se versatilizando ao longo do tempo e ganhando novos sabores a partir da alteração de seus ingredientes. E o melhor: sempre fica bom! Ao misturar tequila com um modificador de sabor frutado e um agente flavorizante doce e cítrico, têm-se uma nova receita que desperta o espírito de festa até no mais regrado dos seres.

Bandeira do México: Suco de limão taiti, tequila e sangrita

 

Tínhamos sangrita, suco de limão, morangos, todo portfólio de tequila da José Cuervo e um ingrediente o qual sempre tive curiosidade de experimentar: néctar de agave. Para quem não sabe, agave é uma monocotiledônea parente do hibisco e, como podemos perceber, bem maior. Seu miolo rico em lipídios é cozido e o caldo é reduzido produzindo um tipo de mel (néctar), que ao ser fermentado e destilado vira o que conhecemos por tequila, mas que também pode ser mezcal. Para saber essa e outras diferenças entre dos dois, leia este post.

“Horácio, libera o bar aí pra nós, hermano!”

Pedi licença ao Horácio, bartender simpaticíssimo contratado para nos divertir naquela noite, fui para trás do balcão e após um breve reconhecimento de terreno era hora de pôr a mão na massa. Digo, na Margarita.

 

Receita Mundo Copo de uma “Fresa Margarita”
 Para fazer este drink você precisará de:

  • 2 morangos maduros
  • 1 1/2 oz  de tequila prata (aqui usamos Platino, a little bit better)
  • 1/2 oz de suco de limão taiti
  • 1/3 oz néctar de agave (mas pode substituir por mel com florada de laranjeira)
  • gelo
  • coqueteleira
  • mudler
  • taça bowl própria para Margarita ou taça de Martini

Modo de preparo:
Encha a taça de gelo e reserve. Macere os morangos com o néctar de agave na coqueteleira. Acrescente o  suco de limão, a tequila, gelo e bata até gelar bem a coqueteleira. Sirva coado na taça e decore com um morango na borda.

Se você quiser saber mais sobre essa viagem só navegar pela tag mundocuervo.

Agora que você já sabe fazer um drink literalmente criado no México, junte os amigos e faça una bela pachanga! Conte pra gente aqui nos comentários suas boas histórias com Margaritas e tequilas. E se tiver uma receita sua, mande pra gente. Se ela for boa mesmo, faremos aqui no Mundo Lab pra todo mundo ver!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Aline

    Posso fazer com Tequila ouro? Fica tão boa quanto? 🙂

    • Anônimo

      Pode sim. Tão boa quanto eu não garanto porque a Cuervo Platino é a melhor em sua categoria. Mas te garanto que ficará ótima! Com tequila ou queijo ou bacon, tudo fica divino!

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: