Manhattan, o mais classudo de todos os cocktails

Um dos primogênitos dos Martinis, o Manhattan foi documentado por Jerry Thomas em seu ” The Bar-Tender’s Guide or How to Mix Drinks“, o primeiro livro da história da coquetelaria. Descendente direto do Martinez e primo do Dry Martini, cuja origem ainda hoje é controversa mas sua popularização notadamente atribui-se a um disfarce de vermute no gin de má qualidade durante a Proibição (1920-1933), é muito simples de ser feito, pois combina somente três ingredientes e é meu preferido.

Veja como é fácil fazer

Passo-a-passo

Copo: taça  Martini

Ingredientes e medidas:
60mL de Bourbon ou rye whiskey
30mL de vermute doce
2 lances de Angostura Aromatic Bitters

Modo de preparo:
1) Adicione gelo à taça ou ponha-a no congelador para resfriá-la.
2) Sirva todos ingredientes num mixing glass cheio de gelo.
3) Mexa até gelar o cocktail.
4) Sirva com coagem simples.

Decoração:
cereja ao maraschino

Por que o Manhattan é classudo?

manhattan-movie

A combinação de seus ingredientes é muito impressionante por sua complexidade de sabor, aroma potente e cor austera. O bourbon ou rye trazem um amadeirado que fica bem evidente no final seco do gole, a doçura e as notas florais do vermute casam muito bem com o “apimentado” do whiskey e a Angostura cria diversas camadas de sabores e tons predominantemente especiados que vão fazer você se apaixonar assim como eu.

E se você acha exagero, saiba que ele é tão aclamado que tem até um filme feito em sua homenagem, o Manhattan Cocktail. Esse filme tem grande importância para o cinema americano, pois marca a transição do cinema mudo para o falado e com trilha sonora desenvolvida especialmente para o filme. Estamos falando aqui do início de todo glamour de Hollywood.

É um cocktail daqueles que faz você ter uma viagem introspectiva para entendê-lo. Não dá pra tomar de um gole num Manhattan e ir pra pista de dança numa balada, ele pede por um clima mais apreciativo, onde você precisa estar totalmente presente para poder contemplá-lo como se deve. Não é nenhum absurdo falar que é tão ou mais complexo quanto um vinho e, por isso mesmo, carece das mesmas atenções para degustá-lo.

A beleza está na simplicidade

Três ingredientes, dois deles muito simples de encontrar. Qual supermercado ou mesmo boteco pé sujo não tem uma garrafa de vermute? Esse ingrediente é muito fácil de comprar. O bourbon já tem em todas as grandes redes de supermercado, então também não é um obstáculo para você fazer o seu Manhattan. Talvez o ingrediente que você demora mais pra conseguir seja a Angostura, mas numa busca rápida no Mercado Livre você vê que não é difícil de encontrar.

Portanto, minha dica é que você reúna os ingredientes, armazene bastante gelo e faça Manhattans para seus amigos para ficar todo mundo com a cara igual à minha:

Bons cocktails para você, saúde!

Um abraço,

Junior WM

E se você ficou interessado em aprender sobre cocktails,  aproveite para conhecer meu ebook “Como montar seu Home Bar com R$ 100, R$ 500 e R$ 1000,00, aprender a produzir uma festa openbar de cocktails para 20
pessoas e ainda ter acesso a uma plataforma exclusiva de vídeos bônus de técnicas e
receitas do livro. Acesse Aqui!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...