Rosemary smash

Quando não morava em São Paulo ia muito pro campo. O local onde costumava ficar tinha uma abençoada variedade de vegetação. Graças a isso era possível atravessar por um bosque de eucaliptos e chegar a uma plantação de pêssegos, protegidas por pés de ananás.

Primo selvagem do abacaxi, o ananá é muito mais ácido mas igualmente aromático e de sabor intenso.

No verão pescava num lago que a algumas léguas. Isso exigia acampar para descansar da viagem, feita numa carroça onde levávamos todos os apetrechos de pesca, camping e um isopor com um bom suprimento de bebidas geladas. Mentira, só cerveja e um pouco de água para hidratar.

No caminho ia juntando todo tipo de plantas e frutas que encontrava pela frente: carqueja, losna, capim cidreira, capim limão, dente de leão, boldo, caatinga de mulata e alecrim. Limões cravo, laranjas, vergamotas (também conhecidas como mexirica), araçás, goiabas, pêssegos, pitangas e os já citados ananás.

Quando a pescaria ia fraca a bebida acabava mais rápido. Quando boa, a viagem de volta é que era mais lenta para dar tempo de aliviar o peso da carroça e esquecer da vida.

Esse cocktail é uma forma de manter viva em mim essa época. A lembrança mais suave dos ananás que muitas vezes comia direto do “pé”.

Para fazer um Rosemary Smash você vai precisar de:

  • 1 1/2 oz de Vodka Ketel One (aprox. 45mL)
  • 1 1/6 oz de suco de abacaxi fresco (aprox. 35mL)
  • 1/3 oz de rich syrup* (aprox. 10 mL)
  • 1/3 oz de suco de limão siciliano
  • 1 ramo de alecrim
  • 1 gota de sal líquido (100ml água + 15g sal)

Modo de preparo

  1. Resfrie a taça com algumas pedras de gelo e um pocuo de água para aumentar a superfície de contato e gelar mais rápido
  2. Corte uma fatia de abacaxi da espessura do seu dedo indicador
  3. Na coqueteleira, macere-o com o alecrim (só as folhas)
  4. Acrescente vodka, sal líquido, rich syrup, suco de limão siciliano e bastante gelo.
  5. Bata até ficar bem gelado
  6. Esvazie a taça
  7. Sirva o cocktail com dupla coagem (strainer e coador fino) cuidando para formar o máximo de espuma possível
  8. Segure um pequeno raminho de alecrim na palma de uma das mãos e com a outra dê um leve tapa para despertar os aromas
  9. Beba com responsabilidade

O que não fazer

Não aromatize o cocktail com óleos da casca do limão, pois isso mata a espuma que conserva a temperatura e o aroma e mantém o sabor intenso.

*Receita do rich syrup:
Em uma panela em fogo médio acrescente uma medida de água e duas de açúcar. Mexa até dissolver todo o açúcar. Quando começarem a levantar as primeiras bolhas da fervura está pronto. Deixe resfriar, guarde em uma embalagem preferencialmente de vidro. Conseve em geladeiro por, no máximo, uma semana.

Aproveite que esse drink é feito com ingredientes bem fáceis de encontrar e faça algo diferente por seu final de semana. E fiquem à vontade para comentar dizendo o que acharam da receita. Antes ou depois de beber!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Opa! Tá fácil de tomar na piscina esse hein! Vamos ver se o sol vai sair amanhã.
    Mas fiquei com uma dúvida enorme: quanto mede uma légua??? Hahaha

    • Anônimo

      Aconselho fortemente na piscina Inês! O problema é ter de sair da água para prepará-lo!

      Para tirar sua dúvida, uma légua mede 6.600m. O que dá tempo de tomar pelo menos uma garrafa de cachaça enquanto a carroça avança no caminho!

      Bj

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: