Tom Collins: a limonada perfeita

Ele é um dos mais populares cocktails com gin da história. E até hoje é presença quase obrigatória na maioria dos bons programas de cocktails ao redor do mundo. Delicioso, refrescante e com um aroma intensamente fresco, o Tom Collins  é a pedida perfeita para os dias quentes ou noites animadas.

História

jerry-thomas

Seu primeiro registro oficial na história da mixologia foi na segunda edição do livro de Jerry Thomas “The Bon-Vivants Companion or How to mix drinks”, em 1878 , mas existe uma grande polêmica a respeito de sua origem, reclamada por Sir Morell Mackenzie, que credita a criação do cocktail a Jim Collins, bartender do lendário Limmer’s Hotel, em Londres, cuja contribuição teria sido utilizar Old Tom Gin em na receita do The English Gin Punch, vindo daí a origem do Tom no nome.

Fundamentos do Tom Collins

Os Collinses, plural correto de Collins, fundamentalmente são long drinks cuja base é um sour (destilado + adoçante + suco de frutas cítricas, nesse caso limão siciliano), servidos em um copo longo com gelo e finalizados com bebidas gaseificadas. Segundo esse raciocínio de Jeffrey Morgenthaler, um dos mais influentes bartenders da atualidade, inclusive o clássico French 75, criado no Harry’s New York Bar de Paris, cujo nome é uma referência aos canhões de 75mm utilizados pela artilharia anti-aérea francesa, seria um Collins, uma vez que em sua receita original apenas substitui a tradicional água gaseificada por champagne.

anúncio antigo ensinando o Tom Collins

Como você pode ver, não é necessário aprender e decorar um monte de receitas, pois ao dominar as características de cada família de cocktail, basta pensar um pouquinho e você chegará à conclusão que é possível fazer uma gama enorme de cocktails independente de conhecê-los ou não.

Veja como é simples fazer um delicioso Tom Collins

Passo-a-passo

Copo: Collins Glass (ou long drink)

Ingredientes e medidas:
60mL de gin
30mL de suco de limão siciliano
15mL xarope de açúcar
Água com gás para finalizar

Modo de preparo:
1) Encha a coqueteleira de gelo
2) Sirva o gin, o suco de limão e o xarope de açúcar
3) Bata vigorosamente por 10 segundos
4) Encha o copo com cubos de gelo
5) Sirva o cocktail coado no copo
6) Complete com água com gás

Decoração: fatia de limão siciliano e uma cereja ao maraschino

Variações

Juan ou José – com tequila

Comrade ou John– com vodka

Micheal – com Irish whisky

Sandy – com Scotch whisky

Russel – com Jagermeister

Ron – com rum (tire a hortelã do Mojito e troque o taiti por siciliano, simples assim)

Your turn!

Agora é sua vez de fazer essa delícia e jogar seu feitiço caribenho sobre seus convidados, que vão passar a gostar muito mais de você!
E pra te provar que a palavra mojo não lhe é estranha, veja aqui onde você a ouviu antes.

Bons cocktails para você, saúde!

Um abraço,

Junior WM

E se você ficou interessado em aprender mais sobre cocktails,  aproveite para conhecer meu ebook “Como montar seu Home Bar com R$ 100, R$ 500 e R$ 1000,00, aprender a produzir uma festa openbar de cocktails para 20
pessoas e ainda ter acesso a uma plataforma exclusiva de vídeos bônus de técnicas e
receitas do livro. Acesse Aqui!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: